País investe em mineração de Bitcoin com verba pública

País investe em mineração de Bitcoin com verba pública

O governo do Paquistão anunciou o lançamento de duas pools de mineração de Bitcoin no país. A informação foi divulgada pelo jornalista local Muneeb Ali.

Segundo Ali, os pools serão instalados na província de Khyber Pakhtunkhwa (KP), uma das quatro províncias do país. Os locais terão financiamento e controle 100% estatal.

Trata-se de um marco para o setor no país. A província foi a primeira a utilizar seus próprios fundos para extrair (e obter lucro com) Bitcoin.

Ali também destacou que a província de KP tem como um de seus valores a soberania. Por isso, faz total sentido investir em um ativo como o Bitcoin.

Ziaullah Bangash, assessor do ministro-chefe de Tecnologia da Informação de KP, disse que o projeto de lei que apoiava tais operações foi aprovado na Assembleia da província.

Um certificado de não objeção separado também foi aprovado e também estabelece um importante marco legal. Ele permite que pessoas criem suas próprias criptomoedas sem medo de punições legais.

Investidores driblam regulações locais

Assim como em outros países, o setor de criptomoedas continua envolto na burocracia no Paquistão. No entanto, os governos locais (e indivíduos) têm mudado esse cenário.

A decisão do governo de KP é a mais recente delas. Em todo o país há pressões por regulamentações que podem ajudar o setor. E, consequentemente, auxiliar os cofres do estado.

Isso passa pela aceitação das criptomoedas por parte do estado. O Irã, por exemplo, já legalizou a atividade de mineração no país. E uma das justificativas foi o recolhimento de impostos sobre as empresas do setor.

No caso da província de KP, existe também o fator natural. O clima é frio e o terreno é montanhoso, o que favorece a mineração de Bitcoin. Por sua vez, a atividade ajuda a economia local a se desenvolver.

E não é apenas o governo que busca essa atividade. O influenciador cripto paquistanês Waqar Zaka resolveu criar seu próprio pool. Ele divulgou a notícia na segunda-feira (11).

“Depois de anos de luta, estou lançando a maior fazenda de mineração de criptomoedas em KPK, onde todos vocês podem investir e ganhar”, afirmou Zaka.

Leia também: Nova alta do Bitcoin? Grayscale reabre fundo para investidores

Leia também: Trader aponta 3 criptomoedas que são “gigantes adormecidos” para 2021

Leia também: Ex-CTO da Ripple perde carteira com R$ 1,25 bilhão em Bitcoin

Last News Crypto: Cripto Facil