China aponta 10 criptomoedas melhores que o Bitcoin

China aponta 10 criptomoedas melhores que o Bitcoin

O Centro de Informação e Desenvolvimento da Indústria (CCID) da China divulgou seu último relatório de classificação de criptomoedas.

No documento, a agência avalia as criptomoedas mais populares do mundo com base na aplicabilidade, criatividade e tecnologia básica.

Entretanto, para o CCID, o Bitcoin não é a melhor criptomoeda do mercado. Mas vale ressaltar que sua avaliação não é feita com base em valorização ou investimento e sim em tecnologia.

Essa categoria responde inclusive por 65% da pontuação geral da criptomoeda. Ou seja, a tecnologia básica é o critério de maior peso na classificação. Já a aplicabilidade responde por 20% da pontuação e a criatividade 15%.

EOS está no topo

Nesse sentido, a última edição da avaliação do CCID traz a plataforma de contrato inteligente EOS no topo.

Já no segundo lugar está Ethereum (ETH) e IOST vem em terceiro. Tron (TRX), Dash (DASH), BitShares (BTS), Cosmos (ATOM), NEO, Stellar (XLM) e GXChain (GXC) completam os 10 primeiros.

O Bitcoin (BTC), por sua vez, embora seja a maior criptomoeda por capitalização de mercado, aparece apenas no 11º lugar.

Ranking das melhores criptomoedas do CCID
Ranking das melhores criptomoedas do CCID

Bitcoin subiu de posição

Esta não é a primeira vez que o Bitcoin fica de fora do top 10 do CCID.

O índice publicado pelo CCID neste mês é semelhante ao da última edição lançada em agosto, com a diferença mais notável sendo que o BTC subiu do 14º para o 11º lugar.

Além disso, não é só o Bitcoin que está fora do top 10 da China. Isso porque outras criptomoedas que estão entre as primeira do Coinmarketcap também ficaram de fora.

Entre as excluídas estão: XRP, Bitcoin Cash (BCH), Litecoin (LTC), Cardano (ADA), Chainlink (LINK), Polkadot (DOT) e Binance Coin (BNB).

Em abril, o CCID, que está subordinado ao Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China, disse que as consequências do coronavírus estão tendo um impacto no desenvolvimento de criptoativos, o que evitou mudanças dramáticas nas classificações.

Leia também: Baleias vão continuar mantendo alta do Bitcoin, revela relatório

Leia também: Bitcoin rompe os R$ 100 mil e marca novo recorde em reais

Leia também: Ethereum supera os US$ 500 e pode buscar ganhos maiores

Last News Crypto: Cripto Facil